Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cade e Banco Central assinam Memorando de Entendimentos

Notícias

Cade e Banco Central assinam Memorando de Entendimentos

Institucional

Documento é o resultado das discussões do Grupo de Trabalho formado por representantes das duas autarquias
por Assessoria de Comunicação publicado: 28/02/2018 12h38 última modificação: 18/05/2018 15h05

BC_CADE.png

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e o Banco Central do Brasil (BC) assinaram nesta quarta-feira (28/02) Memorando de Entendimentos para harmonizar e conferir maior previsibilidade ao tratamento, pelas duas autarquias, de pleitos de concentração envolvendo instituições financeiras, além de alinhar ações de estímulo à concorrência em segmentos supervisionados.

O documento é o resultado das discussões em Grupo de Trabalho (GT) formado por representantes das duas autarquias.

O Memorando prevê que as autarquias passarão a atuar com maior intercâmbio de informações, inclusive por meio da discussão de parâmetros técnicos com vistas a assegurar maior harmonização e consistência de procedimentos e da edição de normas de interesse comum.

O Cade e o BC continuarão se manifestando sobre atos de concentração, sendo necessária a anuência de ambos para aprovação. Nas raras hipóteses de atos de concentração que envolvam riscos à solidez e à estabilidade do Sistema Financeiro Nacional (SFN), o BC informará o caso ao Cade, para que ambas autarquias aprovem o ato. Nos demais casos, mais comuns, o ato somente será aprovado caso haja anuência de ambas as Autarquias.

No controle de infração concorrencial envolvendo instituições financeiras, a análise competirá ao Cade, que utilizará, inclusive, informações prestadas pelo BC mediante intercâmbio de informações, de modo a ampliar a consistência técnica e a articulação de suas decisões.

O Memorando inclui ainda o compromisso do BC e do Cade de reverem suas regulamentações, se necessário, e de trabalhar conjuntamente visando à aprovação de projeto de lei complementar estabelecendo parâmetros claros e definidos de atuação das autarquias, seguindo as linhas gerais estabelecidas no próprio Memorando, de forma a trazer maior segurança jurídica e previsibilidade para a defesa da concorrência no SFN.

Acesse o texto do Memorando de Entendimentos