Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cade é indicado a prêmios internacionais

Notícias

Cade é indicado a prêmios internacionais

Premiação

Autarquia concorre em premiações da Global Competition Review e da revista francesa Concurrences
por Assessoria de Comunicação Social publicado: 15/02/2020 16h26 última modificação: 18/02/2020 11h57

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) está novamente entre os finalistas de duas reconhecidas premiações internacionais. Uma delas é promovida pela revista britânica Global Competition Review (GCR) e a outra pela revista francesa Concurrences, especializada em política antitruste.

No GCR Awards 2020”, o Cade foi nomeado na categoria “Government agency of the year”. A indicação é um reconhecimento do trabalho eficaz, estratégico e inovador do órgão antitruste no sentido de aprimorar as práticas desenvolvidas na área de defesa da concorrência. Na categoria em que o Cade foi nomeado, concorrem também as agências da França (Autorité de la concurrence) e do Peru (Indecopi).

A autarquia também concorre em outras duas categorias: “Behavioural matter of the year – Americas” e "Enforcement action of the year".

Na primeira, a indicação se refere ao trabalho criativo, estratégico e inovador realizado por agências antitruste em relação a casos de conduta conduzidos em 2019. A agência brasileira foi nomeada por sua atuação nos casos envolvendo Google e Itaú: “Cade investigation of Google’s search practices” e “Cade against Itaú”.

Em relação à categoria enforcement, o Cade concorre ao prêmio pelo julgamento do caso do cartel do metrô, considerado pela publicação britânica uma das melhores decisões referentes ao ano de 2019.

A votação do “GCR Awards 2020” é aberta e pode ser realizada pelo site da GCR até o dia 28 de fevereiro de 2020. Os vencedores serão anunciados no dia 21 de abril, durante uma cerimônia promovida pela GCR em Washington, nos Estados Unidos.

Concurrences

O Cade também é novamente finalista do prêmio Antitrust Writing Awards, promovido pela Concurrences. A premiação tem por objetivo reconhecer e divulgar os melhores trabalhos na área de defesa da concorrência.

Em 2020, a autarquia concorre na categoria “Best Soft Law/Concerted Practices (Recomendações/Práticas Coordenadas)”, com o Guia de Combate a Cartéis em Licitação.

A categoria Soft Laws visa contribuir para o desenvolvimento da cultura e conscientização antitruste, por meio da difusão das práticas mais interessantes na área. O guia produzido pelo Cade disputa o prêmio com publicações elaboradas pelas autoridades do Peru, Lituânia e China.

A votação do prêmio é pública e pode ser realizada no site da revista. A escolha é realizada de forma anônima e o prazo vai até dia 20 de abril de 2020.